• 31 de janeiro de 2024

Os professores Ricardo Bento, Chairman do Grupo Brasileiro, Marcelo Miguel Hueb e Sady Selaimen da Costa marcaram presença no evento orgulhosamente representando a otorrinolaringologia brasileira na elaborada agenda científica e cultural deste prestigiado encontro apresentando seus trabalhos relacionados aos aparelhos auditivos totalmente implantáveis, acessos transeptais à hipófise e patogênese das otites crônicas respectivamente.

Na oportunidade, em jantar restrito aos membros da Sociedade, os colegas Marcelo Miguel Hueb e Sady Selaimen da Costa foram oficialmente apresentados ao grande grupo como os mais novos representantes brasileiros aceitos a fazer parte desta seleta associação. Na ocasião, nossos dois colegas puderam expressar aos seus novos pares toda a sua satisfação e orgulho por juntarem-se a esta grande rede acadêmica sem fronteiras. Também na mesma oportunidade, o Prof. Ricardo Ferreira Bento foi efusivamente saudado pelo Prof. René Dauman (Secretário Geral do CORLAS) como exemplo de amizade e apoio às iniciativas da Sociedade sendo encarregado de levar, a todos os otorrinolaringologistas brasileiros, os cumprimentos internacionais pela grandiosidade e pleno êxito do Congresso Mundial de 2009 realizado em nosso país.

Importante salientar que o ingresso ao Collegium é feito exclusivamente através da indicação dos novos candidatos pelos seus representantes nacionais após uma análise minuciosa da sua bagagem científica por um comitê independente e internacional. Neste processo, o Collegium aceita até 10 membros de cada país e, para tal, o postulante deve ter menos de 50 anos de idade e, como mencionado, demonstrar reconhecida capacidade técnico-científica. Até hoje somente 5 colegas brasileiros ingressaram no CORLAS. Além dos já citados, são membros honorários os Profs. Pedro Luís Mangabeira Albernaz e Maurício Malavasi Ganança.

O CORLAS foi fundado em oito de outubro de 1926 em Groningen na Holanda por dois reconhecidos cientistas ( C.E.Benjamin e A.de Kleyn) que, logo após aos horrores da primeira grande guerra, perceberam que o intercâmbio de informações médicas e a disseminação de conhecimentos científicos são missões superlativas e que transcendem a sectarismos político e furores nacionalistas.

Desde então, a caravana do CORLAS se reúne anualmente em diferentes países congregando pesquisadores e clínicos de destaque dos cinco continentes. Entre seus membros são encontrados expoentes antigos e atuais da otorrinolaringologia global que, com o seu trabalho, ajudaram na construção da nossa especialidade. Entre eles, o mais proeminente, Prof. George Von Bèsésy, que com seus estudos da função auditiva, mais particularmente na descrição das ondas viajantes cocleares, recebeu o prêmio Nobel em Fisiologia – Medicina em 1961.

Mais informações deste encontro e sobre o Collegium poderão ser acessadas através do site www.corlas.org

Postagem relacionada

Realizado o primeiro implante de tronco cerebral em Natal

No dia 20 de janeiro no Hospital do Coração em Natal, Rio Grande do Norte, foi realizado o primeiro implante de tronco cerebral do Nordeste. Até então este complexo procedimento só havia sido realizado no Hospital das Clinicas em São Paulo. A paciente de 19 anos portadora de neurofibromatose tipo II apresentava tumores nos dois […]

Aparelho auditivo genérico desenvolvido por pesquisadores da ORL do HCFMUSP ganha destaque no Jornal Nacional

Equipe da Otorrinolaringologia do HCFMUSP, chefiada pelo Prof. Dr. Ricardo Ferreira Bento, apresentou ao Jornal Nacional, o aparelho genérico desenvolvido na universidade que será produzido em larga escala, a partir do próximo ano. Manaus, o aparelho auditivo genérico retroauricular, que está sendo desenvolvido pela equipe de pesquisadores do HCFMUSP e Escola Politécnica, com a coordenação […]